terça-feira, janeiro 28, 2003

Puta que Pariu. Tenho que sair dessa inércia e escrever. Voltar a escrever, achar a inspiração que me tomava conta e não me deixava fazer mais nada. Parar de agir com intenções e ações e voltar a palavra. O primeiro passo já dei, falta o impulso. Ficção e realidade, pseudônimos e fantasias. A história é em São Paulo, onde tudo mais ou enos começou com uma coincidência na paulista. Porque diabos tenho que demorar tanto tempo para processar as coisas? Pra estourar de intensidade depois? Tá eu gosto de intensidade, mas estou cansada de ser louca como era. Não pulei de para quedas, nem fiquei moranddo em Madrid. Arrumei um emprego meia boca, ducaralho pra quem quer formar em jornalismo, non sense para quem quer ter o tempo da madrugada pra ficar escrevendo. But i need money, need time e ou separar horas do dia pra contar as histórias que estão deixando minha cabeça louca ou com câncer.